Qual é a tua opinião
 


Designed by:

O CHEFE DO ESTADO MAIOR DA FLEC/FAC, GABRIEL NHEMBA “PIRILAMPO” FOI ENCONTRADO MORTO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Terra Cabinda   
Segunda, 14 Março 2011 07:44

  

O CHEFE DO ESTADO MAIOR DA FLEC/FAC, GABRIEL NHEMBA “PIRILAMPO” FOI ENCONTRADO MORTO

 

Foi com profunda consternação que a comunidade cabindesa recebeu a notícia do rapto e do assassinato do Chefe do Estado-maior da FLEC/FAC, Gabriel Nhemba “Pirilampo”, cujo corpo foi encontrado na aldeia de N'tando na República do Congo.

 

Segundo a fonte de www.ibinda.com, antes de ser raptado “Pirilampo” havia advertido a direcção da FLEC/FAC que a sua vida estava em perigo, mas, nada mais adiantou.

 

Até ao momento não houve um pronunciamento oficial da FLEC/FAC sobre as circunstâncias do rapto e assassinato de “Pirilampo” que dedicou a sua vida lutando pela liberdade do povo Cabinda.

 

O Povo de Cabinda e a Comunidade Internacional esperam que a FLEC/FAC liderada por Nzita Tiago traga à luz os detalhes elucidativos que relatam as circunstâncias do rapto e consequente assassinato deste valoroso combatente, “Pirilampo”, para que o regime de Luanda seja responsabilizado por este hediondo crime que se soma aos que vem cometendo contra o nosso povo, dentro e fora do território de Cabinda.

 

Neste momento de dor, o Fórum Liberal para a Emancipação de Cabinda apresenta as suas condolências à família e ao povo de Cabinda pelo desaparecimento físico deste grande combatente pela liberdade.

 

                                           QUE A SUA ALMA DESCANSE EM PAZ!

Actualizado em Sábado, 23 Abril 2011 07:32
 

Doação

Sim, eu gostaria de ajudar a expressar a situação difícil do povo reprimido e marginalizado de Cabinda.

O Fórum Liberal para a Emancipação de Cabinda é uma organização sem fins lucrativos e apoia-se nas contribuições dos seus membros, subvenções e doações de pessoas e organizações filantrópicas amantes da paz, que entendem o jugo das populações que representamos para suportar o seu trabalho e actividades. A sua doação seria uma contribuição bem-vinda para permitir-nos de continuar assistindo as justas e pacíficas aspirações do povo de Cabinda, e promover os seus direitos humanos e o seu direito a autodeterminação, procurar uma solução não violenta para o conflito de Cabinda que afecta o povo de Cabinda e trazer a paz e a segurança para todos no território.